segunda-feira, fevereiro 11, 2008

capitalismo ao volante


Nos últimos tempos vê-se, cada vez mais, o regresso dos táxis pintados a preto e verde! E eu gosto! É sinal de que algumas imagens tradicionais estão a ser recuperadas.

Como apanhei hoje um táxi, decidi tentar perceber o porquê deste regresso, até porque era um em preto e verde. Eis a conversa que se seguiu...


Passageiro: "cada vez mais se voltam a ver os táxis a preto e verde. Gosto de ver este regresso às tradições ..."


Táxista: "eu não! estão sempre sujos, todos os dias tenho que o lavar, ao contrário dos cremes. E cada lavagem custa 8€. E no verão absorve o calor, é um forno!"


o capitalismo venceu a tradição, meti a "viola no saco"!

2 comentários:

Tiago Alexandre disse...

E não é tudo! A maioria dos carros são alemães (mercedes) e a linha de táxis deles sai da fábrica com a cor creme. Essa foi a grande motivação para se ordenar a mudança de cor! Sim, era suposto não haver mais táxis pretos e verdes...
Entretanto deixou-se essa obrigatoriedade e é uma opção do proprietário da licença.
E mais, é mesmo verdade o que ele diz, principalmente a questão do calor.

Tiago - Ex-sócio gerente da Taxi.com

Rodrigo disse...

e a questão do calor só demonstra que este taxista, embora capitalista, tem preocupações ambientais. Muito calor significa ar condicionado ligado. Ele quer poupar nas emissões de CO2 e reduzir a sua pegada ecológica.
muito à frente ...